25 de julho de 2018

Curvatura Peniana Congênita

Também conhecida como pênis curvo congênito, essa condição afeta cerca de 1% de toda a população masculina e geralmente se apresenta no final da adolescência ou início da vida adulta. A real causa ainda é desconhecida, mas acredita-se que seja por causa de um desenvolvimento assimétrico do tecido de revestimento do pênis durante o 3º e 4º mês da vida dentro do útero. Durante a ereção o pênis curva para lado mais curto, o que pode ocorrer para qualquer direção. Paradoxalmente esses pacientes geralmente possuem pênis mais longos e caso a curvatura seja acentuada pode ser necessária a realização de cirurgia corretiva.

Muitas vezes o pênis curvo congênito é confundido com Doença de Peyronie, dada a similaridade das apresentações. Tal condição pode gerar muito desconforto para pacientes, pois pode alterar de forma significativa aspectos estéticos e funcionais do pênis. O tratamento é iminentemente cirúrgico com excelentes resultados no longo prazo associado a baixo risco de complicações.

Para saber mais sobre os tratamentos cirúrgicos da curvatura peniana congênita clique aqui .