5 de abril de 2019

Tratamento Injetável

Apesar da alta eficácia dos comprimidos para disfunção erétil, alguns pacientes não respondem de forma satisfatória a essa classe de medicamentos. Tal fato é observado com uma certa frequência em homens com problemas de ereção mais graves, sobretudo em pacientes mais idosos, diabéticos ou que foram submetidos a cirurgia radical da próstata.

Isso ocorre pelo fato de para que os medicamentos tenham efeito é fundamental que haja uma integridade dos nervos da ereção, o que pode estar comprometido nesses casos. Além disso, alguns indivíduos possuem alta resistência no tecido erétil e o que não conseguem se encher de sangue de forma satisfatória.

Felizmente existem medicamentos com ação dilatadora que podem ser injetados diretamente no pênis para se voltar a obter uma ereção rígida. Essa aplicação é feita com agulhas extremamente finas, deixando esse processo praticamente indolor.

Esse tratamento é altamente eficaz e pode ser usado com segurança em pacientes de todas as idades através de um acompanhamento especializado. Diferentes combinações desses medicamentos também podem ser realizadas para se alcançar diferente níveis de potência, tendo bons efeitos até nos casos mais complexos.

Se você não obtém resposta com os comprimidos e deseja saber mais sobre os tratamentos injetáveis, agende uma avaliação com o Dr. Eduardo Miranda clicando aqui .