Estética peniana é importante?

A doença de Peyronie pode eventualmente ser uma condição devastadora para a estética e funcionalidade do pênis. Casos mais complexos requerem técnicas mais sofisticadas de cirurgia peniana reconstrutiva com o uso de enxerto. Tais abordagens possuem a vantagem de aumentar as chances de preservação das dimensões do pênis, além de facilitar a correção da perdas de volume peniano com a doença de Peyronie, o que é mais difícil com técnicas mais simples de plicatura.

Embora a maioria dos cirurgiões prefira o uso de enxertos sintéticos devido a sua maior facilidade de utilização e por evitar a necessidade de um procedimento mais longo para utilização de tecidos do próprio paciente, ainda não existe um material ideal e consensual por todos os médicos. Assim o material mais adequado deverá ser pautado para cada caso em particular, levando-se em consideração a disponibilidade de cada região, o tipo e localização da deformidade, o uso concomitante ou não de prótese peniana e a experiência do cirurgião. Além disso, é fundamental uma discussão aprofundada no pré-operatório sobre os diferentes aspectos das modalidades de tratamento para que os pacientes desenvolvam expectativas claras e realistas com os resultados da cirurgia. Este é o melhor caminho para que haja uma alta taxa de satisfação geral e melhora da qualidade de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eduardo de Paula Miranda - Doctoralia.com.br