Peyronie – perdas de volume peniano

A doença de Peyronie caracteriza-se pelo desenvolvimento de deformidades penianas adquiridas, mais comuns em homens de 40 a 70 anos. Apesar de a curvatura ser a alteração de forma mais comumente encontrada em portadores da enfermidade de Peyronie, perdas de volume peniano são igualmente frequentes. Pelo fato de o pênis ser um estrutura tridimensional, a restrição a expansão pode levar à graves perdas de volume. Uma das alterações é o Afilamento, quando há uma restrição circunferencial e linear ao mesmo tempo. Isso pode assumir vários aspectos como semelhante a uma ponta de lápis, quando é gradual; gargalo de garrafa, quando há um estreitamento súbito na ponta do pênis; ou mesmo a uma cobra, quando o estreitamento é mais próximo ao corpo e a ponta permanece normal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eduardo de Paula Miranda - Doctoralia.com.br