Disfunção sexual no diabetes

A disfunção sexual masculina é uma complicação comum do diabetes. Essa população tem altos índices de disfunção erétil, que é sem dúvida a queixa sexual mais temida. Apesar de pouco explorado nos estudos científicos e na prática clínica, há uma alta prevalência de outras disfunções sexuais como: queda do desejo sexual, dificuldade de atingir orgasmo, incapacidade de ejacular, deformidades penianas, entre outras. A real causa desses problemas em diabéticos é complexa pois envolve alterações do funcionamento normal dos nervos, diminuição do fluxo sanguíneo para os órgãos genitais, alterações hormonais, entre outros. Um controle adequado do diabetes com dieta, atividade física, controle de peso e glicemias é fundamental para prevenir o aparecimento de disfunções sexuais bem controlar aquelas em estágios iniciais, possivelmente  impedindo sua progressão.  É importante que todos que oferecem cuidados aos diabéticos fiquem atentos para esse fato, pois disfunção sexual causa um comprometimento importante da qualidade de vida nessa população.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eduardo de Paula Miranda - Doctoralia.com.br