Prótese peniana aumenta o tamanho do pênis?

O órgão genital masculino sempre foi considerado o principal símbolo da virilidade homens. Ter uma ereção rígida e funcional é uma aspiração unânime entre os homens para uma vida sexual satisfatória. Além disso, é comum a preocupação com as dimensões de comprimento e calibre do pênis, o que pode também gerar questões de autoestima e qualidade de vida.

Infelizmente não há técnicas cirúrgicas ou não-cirúrgicas seguras e internacionalmente aprovadas que promovam um aumento funcional do pênis em pessoas completamente saudáveis. Tais procedimentos devem ser evitados, dados os riscos envolvidos. No entanto, em algumas situações especiais pode-se usar mão de técnicas ou próteses especiais para recuperação do tamanho perdido, sobretudo em doença de Peyronie ou fibrose dos corpos cavernosos associados a disfunção erétil.

 

Comentarei um pouco sobre essas opções:

  1. Técnica de deslizamento

A prótese peniana é um tratamento irreversível, haja vista que as hastes ou cilindros são colocados no lugar do tecido erétil e o pênis perde a capacidade de se encher de sangue naturalmente. Uma vez que o mecanismo natural de ereção não é mais necessário, durante a cirurgia de colocação de prótese pode-se fazer cortes nas câmaras da ereção (túnica albugínea) e estica-las ao seu comprimento máximo. Dessa forma, as camadas da túnica deslizam entre si e atinge seu tamanho original, o que permite que próteses penianas maiores sejam colocadas. O alongamento do pênis é limitado pelos nervos e pelo canal da urina, porém assume-se que seja possível recuperar todo o comprimento perdido. Esse técnicas tem excelentes resultados, no entanto envolve uma recuperação pós-operatória mais complicada e um risco aumentado de complicações que devem ser claramente explicadas antes do procedimento.

  1. Uso de prótese com tecnologia de expansão de comprimento

Existem próteses penianas infláveis de última geração que possuem um tecido interno capaz de se expandir em todas a direções. Assim, ao final da cirurgia o pênis terá o mesmo tamanho, porém com o uso repetido do implante através de ativações repetidas da bomba, há uma expansão gradual dos tecidos, pois cada vez mais líquido vai caber nos cilindros dentro do pênis. Isso pode levar a um ganho de até 4 centímetros em comprimento, sobretudo naqueles que tiveram perda de tamanho mais acentuada pela degeneração do tecido erétil. A desvantagem dessa prótese é que por se expandir em comprimento a rigidez axial dela é inferior, ou seja, não fica tão dura quanto aquelas que expandem apenas de forma circunferencial. Outra preocupação é curvaturas penianas, em que a expansão de comprimento pode acentuar ainda mais a deformidade e gerar instabilidade.

Em resumo, prótese penianas não são indicadas para aumento peniano. No entanto para pacientes com disfunção erétil associada a doenças que comprometem as dimensões do pênis, algumas opções estão disponíveis no intuito de minimizar as perdas e eventualmente recuperar parte do tamanho perdido. Mas vale lembrar que essas técnicas podem envolver riscos maiores em circunstâncias específicas e devem ser preferencialmente realizadas por cirurgiões com experiência comprovada nesse tipo de procedimento.

10 comentários em “Prótese peniana aumenta o tamanho do pênis?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eduardo de Paula Miranda - Doctoralia.com.br