Alterações sexuais da idade

É comum haver uma perda progressiva do vigor sexual com o avançar da idade. Sabe-se que a expectativa de vida sexual aos 55 anos de idade é 16 anos para homens e 10,5 para mulheres. Existem vários fenômenos fisiológicos na população masculina por trás deste fenômeno:

– aumento da adrenalina circulante no pênis -> piora qualidade das ereções

– depósito de colágeno do pênis -> diminui a elasticidade peniana

– diminuição da sensibilidade -> mais dificuldade em ter orgasmos

– diminuição do desejo e do tempo de recuperação (latência) -> menor frequência sexual

Em outras palavras, o envelhecimento masculino faz com que homens necessitem de mais tempo e mais estimulação para terem ereções, as quais infelizmente nem sempre tem a mesma rigidez. Demora-se para ter mais orgasmos e eles costumam ter menor duração, com menor quantidade de sêmen e força de expulsão.

Para retardar o aparecimento das disfunções sexuais masculinas o ideal é cultivar hábitos saudáveis, manter boa saúde física e mental,  preservar bons relacionamentos íntimos e fazer um acompanhamento médico regular com uma equipe de profissionais capacitados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Eduardo de Paula Miranda - Doctoralia.com.br