Plicadura vs. Enxerto na Doença de Peyronie

A doença de Peyronie é a principal causa de deformidades penianas adquiridas e causa um grande prejuízo à autoestima masculina. Dentre as opções cirúrgicas para tratamento desta condição há 2 opções principais: cirurgias de plicatura peniana ou procedimentos de correção de deformidade com colocação de enxerto na túnica albuginea. A cirurgia de plicatura peniana é uma excelente opção para deformidades penianas menos graves sem comprometimento muito acentuado do comprimento peniano. É considerada por muitos a cirurgia “padrão-ouro” em homens com função erétil normal, comprimento do pênis > 13 cm e com curvaturas <60°.  No entanto as plicaturas costumam gerar um certo encurtamento do pênis. Por outro lado, a cirurgia colocação de enxerto é um procedimento mais elaborado que tende a preservar as dimensões penianas. Seria indicado para casos de deformidades ou encurtamentos mais graves sem comprometimento da função erétil. Por outro lado, esta técnica exige um período de recuperação mais demorada e pode haver piora da ereção em alguns casos. Na hora de escolher qual o melhor procedimento para seu caso, o ideal é procurar uma opinião especializada para que sejam discutidos os prós e os contras de cada cirurgia para decidir a que melhor se encaixa em cada situação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eduardo de Paula Miranda - Doctoralia.com.br